Psicologia

Graduação


SOBRE O CURSO

Promover a Psicologia enquanto ciência e profissão, através da formação de um profissional versátil, conhecedor das diversas áreas de atuação profissional da Psicologia e dos diferentes referenciais teórico-metodológicos, com a possibilidade de aprofundamento de sua formação em uma das ênfases oferecidas.

 

DIFERENCIAIS

  • O Curso de Psicologia do UNIFACEX oferece atividades interdisciplinares e de campo desde o primeiro semestre, oportunizando continuamente a relação entre teoria e prática, assim como o desenvolvimento de competências transversais (trabalho em equipe, postura ética, reflexão crítica etc.).
  • As ênfases curriculares ofertadas (Processos Educativos e Processos de Atenção à Saúde) são abrangentes e possibilitam a inserção profissional em contextos diversificados. No caso dos Processos Educativos, é o único Curso de Psicologia, do Rio Grande do Norte, que oferece disciplinas e estágios com essa ênfase.
  • A proposta de estágio compreende do 6º ao 10º período do Curso e se diferencia em básico e profissional, envolvendo diferentes contextos de atuação, familiarizando assim o aluno com práticas profissionais diversificadas e desenvolvendo as competências e habilidades do psicólogo.

 

O curso obteve nota 4 no ENADE, no último ciclo avaliativo (2015), sendo comprovadamente o 2º melhor curso de Psicologia do RN. A Psicologia tem se consolidado como um campo de conhecimento científico, inserido definitivamente no mercado enquanto uma profissão que presta serviço pertinente e importante à sociedade nos mais variados campos de atuação do homem moderno (organizações, escolas, hospitais, empresas, sindicatos,
contextos comunitários etc.). É, notadamente, uma das profissões que mais se destaca no país. A graduação em Psicologia do UNIFACEX se destina a formar psicólogos generalistas para atuar em qualquer um dos contextos já citados e em outros cuja presença do psicólogo se mostre relevante.

 

O UNIFACEX apresenta uma proposta de formação do psicólogo atualizada com base nas seguintes especificidades:

 

  • Aulas que articulam teoria e prática desde o primeiro semestre.
  • Possui um Serviço-Escola que oportuniza o desenvolvimento de competências e habilidades psicológicas para além da atividade clínica.
  • Ampla possibilidade de inserção no mercado de trabalho, através de duas Ênfases Curriculares, com enfoque nos processos educativos (única IES no RN a ofertar essa Ênfase) e de saúde.
  • Convênios com as melhores instituições públicas e privadas do RN.
  • Alto nível de empregabilidade e aprovação em concursos públicos.
  • Articulado e integrado com a pós-graduação.
  • Oferta de monitoria de ensino.
  • Bolsa de incentivo à iniciação científica.
  • Oferta de atividades de extensão, articuladas ao ensino e à pesquisa.

ÁREA DE ATUAÇÃO

Contextos organizacionais do trabalho e educacionais, contextos sociais não institucionalizados, contextos de saúde como hospitais, postos e centros de saúde, ambulatórios, clinicas; nos campos de capacitação e treinamento, em organizações sociais governamentais e não governamentais que atuam em programas de educação informal, como atendimento a crianças e adolescentes em risco psicossocial; com populações institucionalizadas, como asilos, prisões e albergues. A atuação pode ocorre em qualquer contexto onde as ações nos processos de saúde e/ou educação se façam necessárias.

AVALIAÇÃO

O processo de avaliação é composto por duas unidades avaliativas intituladas de unidades, respectivamente, I e II. Em cada unidade, o estudante é submetido a atividades avaliativas denominadas de parcial e principal e, ao seu término, deverá integrar um valor de 10 (dez) pontos. Assim temos uma ou mais atividades avaliativas chamadas de parciais, com peso total de 3,0 (três) pontos (livremente distribuídas entre a quantidade de avaliações parciais), nas quais o professor poderá escolher a aplicação de atividades avaliativas em grupos ou individuais, sejam relatórios, seminários, trabalhos, pesquisas, dentre outros.

 

Para efeito de complementação da nota de cada unidade, temos a avaliação principal para todas as disciplinas regulares do currículo do curso com peso 7,0 (sete) pontos, em caráter individual, em sala de aula, dentro do calendário de provas divulgado pela coordenação do curso.

 

Conforme já mencionado, a cada verificação de aproveitamento de cada uma das unidades avaliativas é atribuída uma nota total, expressa em grau numérico de zero a dez. Atendidas, em qualquer caso, a frequência mínima de setenta e cinco por cento às aulas e demais atividades acadêmicas, é considerado aprovado o aluno que:

 

  • Obtiver nota de aproveitamento igual ou superior a 7,0 (sete), resultado da média aritmética das notas das duas unidades avaliativas realizadas no semestre letivo.

 

  • Mediante exame final, cuja nota obtida somada à média do primeiro semestre, corresponda à média aritmética igual ou superior a 6,0 (seis). Ressalte-se que, para o discente ser submetido ao exame final, faz-se necessário que tenha obtido uma média semestral maior ou igual a 3,0 (três) e inferior a 7,0 (sete).

POLÍTICA PEDAGÓGICA

O Projeto Político Pedagógico do Curso é acompanhado pela Coordenação do Curso e pelo Núcleo Docente Estruturante (NDE), visando seu aprimoramento e melhoria continuados dentro de um processo de atualização focado basicamente nas mudanças pedagógicas e curriculares que o curso precisa implementar, no tempo e no espaço, no seu cotidiano acadêmico e fazer pedagógico.

 

As disciplinas da matriz curricular são ofertadas presencialmente ou EAD, quando ocorrer pela segunda forma, esta deve estar em conformidade com a Portaria MEC Nº 1.134 de10/10/2016.