Graduação

Serviço Social

A proposta do Curso de Serviço Social é formar assistentes sociais preparados para administrar, planejar e executar serviços sociais e programas institucionais, ampliando os espaços de participação e acesso dos cidadãos aos direitos e benefícios sociais. Através de três núcleos de formação (Básica, Geral e Cultural e Profissional), são oferecidos ao aluno elementos para a compreensão das necessidades humanas e sociais.

MISSÃO

Formar profissionais habilitados a apreender criticamente a realidade sócio-histórica em suas múltiplas determinações, para intervir nas diversas expressões da questão social, na perspectiva de ampliação e consolidação dos direitos de cidadania.

OBJETIVOS

Formar profissionais para atuarem nas múltiplas expressões da “questão social”, com uma formação teórico-metodológica, ético-política e técnico-operativa, na perspectiva da afirmação de um projeto profissional comprometido com a liberdade, a plena cidadania, a democracia, os direitos humanos e a qualidade dos serviços prestados à população.

PERFIL DO EGRESSO

O perfil do egresso do curso de Serviço Social apresenta as seguintes competências e habilidades: ter domínio constante sobre categorias teóricas e habilidades técnico-operacionais, que lhe habilitem na elaboração e implementação de propostas de trabalho, com vistas ao enfrentamento das manifestações da questão social e o fortalecimento de valores como a democracia, cidadania, equidade e justiça social.

ÁREA DE ATUAÇÃO

Dado o mercado local, o egresso do curso pode atuar como Assistente Social nas funções de prestador de serviços assistenciais, educador, mobilizador pesquisador, gestor, assessor e consultor na esfera dos direitos nos seguintes campos de atuação:

  • Instituições Públicas – Federal, Estadual e Municipal;
  • Organizações privadas;
  • Organizações populares;
  • Entidades e organizações não-governamentais.

O curso de Serviço Social conta com uma Coordenação Geral, Acervo bibliográfico específico e atualizado com mais de 2.100 exemplares na área, corpo docente formado Mestre e Doutores e salas de aulas climatizadas.

As atividades Multidisciplinares em Serviço Social (AMESS) levam o aluno a ter contato com a prática profissional e a relação com a comunidade, do segundo até o quinto período. O curso possui intensa articulação com o fazer profissional do/a assistente social, aproximando os discentes dos campos de atuação profissional.

DIFERENCIAL UNIFACEX

  • Pioneiro no Ensino de Serviço Social na rede particular no RN (15 anos de funcionamento);
  • Pontuação Máxima nos processos de conhecimento e Reconhecimento pelo MEC;
  • Pontuação no ENADE acima da média nacional;
  • Em  Natal, o UNIFACEX foi a única instituição privada que teve o curso de Serviço Social com ENADE 4 em 2016;
  • Efetivação da responsabilidade social através de projetos de extensão junto à comunidade natalense, em parceria com instituições públicas e não-governamentais.
BASE DE PESQUISAS EM POLÍTICAS PÚBLICAS, ÉTICA E DIREITOS HUMANOS – BPEDH – suas principais linhas de pesquisa são:
  •  As múltiplas faces da precarização do trabalho: Uma análise do Sistema Único de Assistência Social – SUAS (continuação da pesquisa inicial).
  • Cartografia Social sobre a Violência Contra a Criança e o Adolescente: Uma Abordagem nos Cras/Natal
  • Direitos Humanos: violência, comunicação, segurança alimentar;
  • Ética: corrupção no serviço público, assédio moral;
  • Perfil do/a Estudante do Curso de Serviço Social;
  • Políticas Públicas: gestão e controle social, participação social, avaliação de políticas públicas.
  • Projetos de pesquisa desenvolvidas pelo Curso de Serviço Social da UNIFACEX:
  • Projeto de Pesquisa: Moradores de Rua: como são e como vivem?;
  • Projeto de Pesquisa: Vozes silenciadas: a violência sexual infanto-juvenil em Natal;
  • Projeto de Pesquisa: O personagem da mãe no contexto da exploração sexual;
  • Humanização, Saúde e Direitos Humanos;
  • Conselhos Gestores de Assistência Social na Região Metropolitana de Natal.
  • Aproximação do aluno com a realidade profissional desde o primeiro período;
  • Consolidação da Pós-Graduação Lato Sensu: Saúde Pública e Serviço Social; Assistência Sócio-jurídica; Política do Idoso e Gerontologia; Política da Infância e Juventude;
  • Implantação dos Núcleos de Pesquisa e Prática;
  • Satisfatória inserção dos egressos no mercado de trabalho;
  • Apoio psicopedagógico;
  • Participação no Núcleo de Práticas Integradas UNIFACEX;
  • Atendimento individual ao aluno e à família;
  • Acessibilidade a pessoas com deficiências;
  • Organização estudantil (Centro Acadêmico);
  • Corpo docente composto por mestres e doutores.

INSTALAÇÕES

  • Salas de aula climatizadas e adequadas ao número de alunos;
  • Laboratórios de informática com equipamentos e softwares atualizados que promovem a vivência da gestão organizacional;
  • Biblioteca como um vasto acervo na área de Administração e com acesso online;
  • Auditórios modernos equipados com sistema de som e multimídia;
  • Grande estacionamento;
  • Lanchonetes;
  • Serviço de reprografia;
  • Apoio Psicopedagógico.

AVALIAÇÃO DE ENSINO APRENDIZAGEM

O processo de avaliação é composto por duas unidades avaliativas intituladas de unidades, respectivamente, I e II. Em cada unidade, o estudante é submetido a atividades avaliativas denominadas de parcial e principal e, ao seu término, deverá integrar um valor de 10 (dez) pontos. Assim temos uma ou mais atividades avaliativas chamadas de parciais, com peso total de 3,0 (três) pontos (livremente distribuídas entre a quantidade de avaliações parciais), nas quais o professor poderá escolher a aplicação de atividades avaliativas em grupos ou individuais, sejam relatórios, seminários, trabalhos, pesquisas, dentre outros.

Para efeito de complementação da nota de cada unidade, temos a avaliação principal para todas as disciplinas regulares do currículo do curso com peso 7,0 (sete) pontos, em caráter individual, em sala de aula, dentro do calendário de provas divulgado pela coordenação do curso.

Conforme já mencionado, a cada verificação de aproveitamento de cada uma das unidades avaliativas é atribuída uma nota total, expressa em grau numérico de zero a dez. Atendidas, em qualquer caso, a frequência mínima de setenta e cinco por cento às aulas e demais atividades acadêmicas, é considerado aprovado o aluno que:

Obtiver nota de aproveitamento igual ou superior a 7,0 (sete), resultado da média aritmética das notas das duas unidades avaliativas realizadas no semestre letivo;

Mediante exame final, cuja nota obtida somada à média do primeiro semestre, corresponda à média aritmética igual ou superior a 6,0 (seis). Ressalte-se que, para o discente ser submetido ao exame final, faz-se necessário que tenha obtido uma média semestral maior ou igual a 3,0 (três) e inferior a 7,0 (sete).

Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
YOUTUBE
Instagram