Graduação

Ciências Biológicas

PROFISSÃO DO FUTURO

O Curso de Ciências Biológicas está estruturado com uma carga horária de 3.340 horas/aula, incluindo disciplinas de conteúdos específicos e pedagógicos obrigatórios, além de disciplinas de diversificação ou aprofundamento na área de Meio Ambiente. Todas as disciplinas de conteúdo biológico estão estruturadas em um modelo de aulas teóricas e práticas, bem como aquelas de conteúdo pedagógico, conforme pode ser consultado nos planos de ensino.

MISSÃO

O curso de Licenciatura em Ciências Biológicas tem como missão “formar professores com um alto grau de profissionalismo caracterizado pelo domínio dos conhecimentos técnicos e científicos e, principalmente, pela habilidade de analisar, de decidir, de planejar e de avaliar as diversas situações que se apresentam durante o exercício do seu ofício estando plenamente capacitados a atuar como professores de Ciências e Biologia”.

OBJETIVO

O objetivo do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do UNIFACEX é a formação do professor de Ciências, para o Ensino Fundamental e de Biologia, para o Ensino Médio, apto a se tornar um educador que participa da formação de um cidadão capaz de entender, opinar e criticar temas relacionados à Ciência, de um modo geral, e à Biologia, em particular, devendo no desempenho dessas atividades ter compromisso permanente com a geração, aplicação, transferência e divulgação de conhecimentos, contemplando o significado das Ciências Biológicas para a sociedade e sua colaboração responsável como educador nos vários aspectos de sua atuação.

PERFIL DO CURSO

Consciente de sua responsabilidade como educador, o egresso do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas do UNIFACEX estará apto a atuar multi e interdisciplinarmente, sendo adaptável à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua, estando preparado para desenvolver ideias inovadoras e ações estratégicas, capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação. Será um profissional disposto a aprender a aprender sempre.

Em linhas gerais, o UNIFACEX deseja formar profissionais dotados de competências e habilidades, visando atender principalmente à demanda regional (sem desprezar a demanda nacional e internacional), capazes de exercer com ética, justiça e responsabilidade as atribuições e prerrogativas compatíveis com a profissão.

ÁREA DE ATUAÇÃO

A formação obtida por meio deste curso permitirá ao licenciado em Ciências Biológicas atuar:

  1. a) no Magistério – Como professor, na área de Ciências em escolas de Ensino Fundamental e como professor de Biologia nas escolas de Ensino Médio, podendo, também, ministrar disciplinas biológicas do meio ambiente e da saúde, como também exercer suas funções docentes em Instituições de Educação Básica, públicas ou privadas, em Escolas de Ensino Supletivo e Profissionalizante, sem necessidade de registro no Conselho Regional de Biologia;
  2. b) como Biólogo – Atuando nas áreas de pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de laudos, pareceres e outros serviços nas áreas de meio ambiente, saúde e biotecnologia consultoria, gerenciamento e afins, se o licenciado tiver currículo equivalente ao dos bacharéis em Ciências Biológicas tanto em conteúdo quanto em carga horária – 3.200 horas de conteúdo biológico, conforme preconiza a Resolução CFBio nº 213/2010 e estiver devidamente registrado no Conselho Regional de Biologia (CRBio).

DIFERENCIAL DO CURSO

  • Curso recentemente reestruturado de acordo com as novas Diretrizes Curriculares do MEC (MEC – Resolução n. 2 de 01/07/2015), com a duração de 4 anos (8 semestres) formando licenciados em Ciências Biológicas, com competências relacionadas não apenas ao ensino, mas também nas áreas básicas tradicionais da biologia;
  • Estrutura curricular com atividades de laboratório e de campo (aulas de campo e visitas técnicas) que proporcionam aos alunos a indissociabilidade entre o ensino, pesquisa e extensão;
  • Curso reconhecido pelo MEC: – Avaliação do ENADE 2014: 4 / CPC: 4;
  • Atividades integradas com as escolas públicas e privadas e com unidades de conservação ambiental;
  • Modernos Laboratórios Multidisciplinares para aulas práticas;
  • Curso contemplado pelo Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES), que oferece bolsas de iniciação à docência para os alunos, oportunizando estabelecer relação da teoria e prática nos espaços de ensino. O Centro Universitário Facex é a única IES particular no Estado do Rio Grande do Norte contemplada por este programa.
  • Aulas de campo e visitas técnicas em que os alunos desenvolvem a capacidade de observação e investigação em verdadeiros laboratórios ao ar livre, através da biodiversidade nos diferentes ecossistemas presentes no estado do Rio Grande do Norte;
  • Corpo docente formado por profissionais (mestres e doutores) todos com pós-graduação na área de atuação e atuantes no mercado de trabalho;
  • Biblioteca com excelente acervo de livros específicos e atualizados;
  • Desenvolvimento de TCCs que permitem ao aluno iniciar os primeiros estudos para a especialização que desejar, dentro das diversas subáreas de atuação do profissional biólogo;
  • Possibilidade de especialização no UNIFACEX, nas áreas de:
  1. Análise Ambiental;
  2. Microbiologia e Parasitologia;
  3. Formação Docente para o Ensino Superior;
  4. Educação especial.

CARACTERÍSTICAS DO CURSO

  • Categoria: Graduação;
  • Nome do Curso: Ciências Biológicas;
  • Modalidade: Licenciatura;
  • Ato Legal: Autorização: Portaria MEC nº 196/2000 – Reconhecimento: Portaria MEC 3.702/2005;
  • Renovação de Reconhecimento: Portaria DIREG/MEC nº 1091/2015;
  • Forma de ingresso: Semestral. O ingresso nos cursos de graduação, sob qualquer forma, é feito mediante processo seletivo e pela seleção do ENEM, SISU, PROUNI;
  • Turno de Funcionamento: Noturno;
  • Nº de vagas: 150 vagas anuais;
  • Carga Horária Total: 3.340 horas/aula;
  • Estágio Curricular Supervisionado: 400 horas;
  • Prática como Componente Curricular: 400 horas;
  • Atividades Complementares/Atividades Acadêmico-Científico-Culturais: 200 horas;
  • Tempo de Integralização: Mínimo de 4 Anos (8 semestres) Máximo de 6 Anos (10 semestres);
  • Local de Funcionamento: Rua Orlando Silva, 2897 – Capim Macio 59080-020 – Natal/RN Coordenador: Profª. Dra. Daniele Bezerra dos Santos;
  • Coordenador: Profª. Dra. Daniele Bezerra dos Santos.

NOVO SÍMBOLO DO BIÓLOGO

Começando pela forma que foi utilizada como base para os elementos: o círculo. Na simbologia das formas, representa a união e perfeição, daquilo que começa e acaba em si mesmo. Assim, ele condiz com a proposta do próprio Conselho, somando e interligando valores, laços e vínculos entre os profissionais representados por essa instituição. Também representa o movimento, a atividade, reproduzindo a busca por melhores dinâmicas entre as relações dos Biólogos. O azul, usado de forma mais clara no círculo, é uma cor profunda e calma, que a princípio, representa a água, mas que também passa a ideia de maturidade. O azul também é a cor da Biologia.

A estrutura do DNA traz à tona um elemento sempre presente no cotidiano do profissional da área de Biologia. A base de sua estrutura forma um espermatozoide, que fecundando o óvulo (círculo azul) dá origem a uma nova vida, com toda sua complexidade – a essência da profissão do Biólogo.

Fator de grande importância para qualquer ser vivo, sendo a base dos estudos biológicos, a natureza é representada pelas folhas da base do círculo. Sua cor, não poderia ser outra, senão o verde, pois é a cor universal para a representação da natureza, passando a ideia de frescor, harmonia e equilíbrio.

A espiral, que se encontra dentro das folhas, é o símbolo da evolução e do progresso. O Biólogo sempre deve buscar novos estudos e pesquisas que possam atualizar seus conhecimentos e acrescentar informações úteis a sua profissão. Esse elemento também possui uma interpretação mais subjetiva, podendo ser traduzido de diferentes formas, como por exemplo, a representação de um caracol ou da asa de uma borboleta, mostrando a interação do Biólogo com a biodiversidade e o Planeta, na busca de sua conservação, manejo e sustentabilidade.

Fonte: CFBio
Coordenação de Ciências Biológicas/UNIFACEX

INSTALAÇÕES DO CURSO

  • Salas de aulas climatizadas; auditórios;
  • Laboratórios de Informática I, II, III, IV;
  • Laboratório Multidisciplinar I (Zoologia de Invertebrados, Zoologia dos Vertebrados, Comportamento Animal, Botânica, Fisiologia);
  • Laboratório Multidisciplinar II (Biologia Celular e Molecular, Histologia, Genética e Bioquímica);
  • Laboratório Multidisciplinar III (Física, Biofísica, Química, Bioquímica);
  • Laboratório Multidisciplinar IV (Parasitologia, Microbiologia, Imunologia e Genética);
  • Laboratório Multidisciplinar V (Embriologia, Anatomia, Neuroanatomia, Fisiologia);
  • Sala de Herbário; Biblioteca com acervo de livros específicos e atualizados;
  • Estacionamento privativo; complexo esportivo.

AVALIAÇÃO DE ENSINO APRENDIZAGEM

O processo de avaliação é composto por duas unidades avaliativas intituladas de unidades, respectivamente, I e II. Em cada unidade, o estudante é submetido a atividades avaliativas denominadas de parcial e principal e, ao seu término, deverá integrar um valor de 10 (dez) pontos. Assim temos uma ou mais atividades avaliativas chamadas de parciais, com peso total de 3,0 (três) pontos (livremente distribuídas entre a quantidade de avaliações parciais), nas quais o professor poderá escolher a aplicação de atividades avaliativas em grupos ou individuais, sejam relatórios, seminários, trabalhos, pesquisas, dentre outros.

Para efeito de complementação da nota de cada unidade, temos a avaliação principal para todas as disciplinas regulares do currículo do curso com peso 7,0 (sete) pontos, em caráter individual, em sala de aula, dentro do calendário de provas divulgado pela coordenação do curso.

Conforme já mencionado, a cada verificação de aproveitamento de cada uma das unidades avaliativas é atribuída uma nota total, expressa em grau numérico de zero a dez. Atendidas, em qualquer caso, a frequência mínima de setenta e cinco por cento às aulas e demais atividades acadêmicas, é considerado aprovado o aluno que:

Obtiver nota de aproveitamento igual ou superior a 7,0 (sete), resultado da média aritmética das notas das duas unidades avaliativas realizadas no semestre letivo;

Mediante exame final, cuja nota obtida somada à média do primeiro semestre, corresponda à média aritmética igual ou superior a 6,0 (seis). Ressalte-se que, para o discente ser submetido ao exame final, faz-se necessário que tenha obtido uma média semestral maior ou igual a 3,0 (três) e inferior a 7,0 (sete).
Processo Seletivo: O ingresso ocorre por meio de Vestibular, ENEM, PROUNI, portador de diploma ou transferências interinstituições.

 

 

Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
YOUTUBE
Instagram